2 de janeiro de 2017

Teus olhos

Vi teus olhos e teu corpo e embarquei neles, sem olhar pra trás, sem saber do que era capaz
É uma mistura forte, verdadeira, de um sentimento louco que tudo isso me traz
Me encantei com teu sorriso e me perco nesses olhos baixos de uma forma que quando tenho eles por perto, o resto tanto faz
Deixo uma parte de mim contigo toda vez que parto e só na hora que posso voltar minha alma se satisfaz
Vi teus olhos, teu corpo, mas é tua alma que me hipnotiza,
uma luz que ecoa nesse dia cinza,
e posso ver você de costas na beira do mar
posso sentir a brisa
Só por isso não preciso olhar pra trás
Nada mais importa
Nada mais

1 comentários:

Hospício Temporário disse...

Uau! Lindo e sensível.